6 de janeiro de 2012

ROUBO NO DIA DE REIS

Fala (de rajada) Catarina, auxiliar num pequeno infantário:

O que agora aconteceu não vos passa p’la cabeça… como é o dia de reis íamos ter aqui uma festinha... teatro e lanchinho com os pais… tinha os bolos-reis na bancada para cortar as fatias… fui ali à despensa buscar as luvas… sim qu’aqui é tudo feito com higiene e limpeza… demorei um bocadinho… a luz não queria acender… assim qu’ aqui cheguei dei logo p’la matrafia… não é que me tinham tirado a fruta cristalizada! Dos dois bolos ‘tavam à beirinha da bancada 'tavam limpinhos… comeram tudo só me deixaram a laranja.
Mas não sou de me deixar ficar e já descobri quem foi… bem….quase… um dos 3 foi de certeza! São da sala dos crescidos e ‘tão mascarados de reis magos… fui ter com eles… pus cara de má… perguntei quem foi o ladrão da fruta e consegui que me dissessem isto:
O Baltazar: Eu cá não fui eu!
O Belchior: Eu também não!
O Gaspar: Foi o Belchior!
Certezas, certezinhas só tenho duas: uma, só um dos putos comeu as frutas … a segunda certeza é que dois deles mentem e só um fala verdade.
‘tou com uns nervos que nem consigo pensar… podem dar-me uma ajudinha?


Pode enviar a sua resposta para policiariodebolso@gmail.com e receberá a solução do desafio.

Sem comentários:

Publicar um comentário