6 de janeiro de 2012

CALEIDOSCÓPIO 6

EFEMÉRIDES – Dia 6 de Janeiro
Victor Werner
 (
1913)
Nasce em Bruxelas. Director do Centro de Polemologia em Bruxelas serve na Sureté em França durante a 2ª Grande Guerra. Escreve obras de Direito Público, estudos de Polemologia e livros policiais e de espionagem com o pseudónimo de Henry Favel: Trop Tard Pour Pleurer (1975) e Les Assassins Sont Morts (1982). Com o pseudónimo de John Bartok colabora com Jean Gabriel (ps. Gabriel Verniers) em Mort Provisoire (1959) e L’Inconnu de Festival (1961).



Paul Kruger (1917-1979) — nasce no estado de Wisconsin (EUA). É o pseudónimo de Roberta Elizabeth Sebenthal, criadora dos detectives privados Phil Kramer e Vince Latimer. Bullet for a Blond (1958), Weep for Willow Green (1966), Weave a Wicked Web (1967), If The Shroud Fits (1968), The Bronze Claws (1972) e The Cold Ones (1972).



Noel Behn (1928-1998) — nasce em Chicago (EUA). Produz romances policiais e de espionagem. O primeiro, The Kremlin Letter (1966) é adaptado ao cinema num filme dirigido por Jonh Huston. Segue-se The Shadowboxer (1969), The Brink’s Job (1976), Big Stick-Up at Brink’s (1978), Seven Silent Men (1984) e Lindbergh the Crime (1994). Entre 1993 e 1997 escreve sete episódios para a série televisiva Homicide: Life on the Street (NBC).

Francis M. Nevins — nasce em 1945 em Bayonne – New Jersey (EUA). Escreve vários ensaios sobre a ligação entre a ficção e a lei. Publica mais de meia centena de contos para revistas de especialidade policiária. Ganha dois Edgar Awards MWA (Mystery Writers of America) pela tese académica sobre Cornell Woolrich e Ellery Queen. Lançou ainda os seguintes livros: Publish and Perish (1975), Corrupt and Ensnare (1978), The 120 Hour Clock (1986), The Ninety Million Dollar Mouse (1987), Into the Same River Twice (1996), Beneficiaries' Requiem (2000), Leap Day and Other Stories (2003) e Into the Same River Twice (2000). Muitos dos contos curtos de Nevins estão reunidos em Night Forms (2010).

Sem comentários:

Publicar um comentário