13 de fevereiro de 2012

CALEIDOSCÓPIO 44

EFEMÉRIDES – Dia 13 de Fevereiro


Robert Bruyez (1911 - ????)

Nasce em França. Estuda medicina que interrompe para se licenciar em letras, repórter de informação e judiciário escreve obras de carácter histórico até se dedicar, à literatura policiária. Em 1960 obtêm o Grand Prix du Roman d'Aventures com Crimes Sur Ondes Courtes escreve ainda, Sous Les Yeux de Verre (1951) e Bonne Pêche Monsieur Sandy (1955). Em Portugal a Livraria Clássica editou em 1952 A Última Causa de Redet tradução de Sous Les Yeux de Verre.



Georges Simenon (1903 – 1989)
Georges Joseph Chistian Simenon nasce em Liège, Bélgica. Jornalista, escreve o seu primeiro livro aos 17 anos sob o pseudónimo de George Sim. Decide viver apenas da escrita e fixa-se em França. Criador do famoso Comissário Maigret, inicia em 1931 com Pietr-le-Letton uma vasta série, que ultrapassa os 100 títulos. Simenon utiliza 27 pseudónimos diferentes e escreve mais de seis centenas de romances e contos. É o escritor de língua francesa que mais vende em todo o mundo ; é o 4º autor de língua francesa, e autor belga mais traduzido em todo o mundo, em 47 idiomas diferentes.



TEMA — BIBLIOTECA ESSENCIAL DE FICÇÃO CIENTÍFICA E FANTASIA (1)Entre os vários géneros literários dominantes, a Ficção Científica é certamente a que mais representa a imaginação dos autores. Não só não existe definição teórica literária que encaixe no género, como não há fronteira limitativa para o seu âmbito, por mais engenhoso ou imaginativo que os escritores se apresentem. O que foi, o que é, o que será a humanidade; o homem no passado, presente e futuro, vida, morte, ressurreição, imortalidade; máquinas pensadas e impensáveis, o mundo real, paralelos, desconhecidos, terrestres, extraterrestres, utopias fruto de conhecimento acumulado durante séculos. A revolução técnica e científica levada ao infinito é a forma mais extensa da novela intelectual de hoje e exerce uma influência sobre milhões de leitores.
Perante a forte oferta editorial, lê-se o mau, o pior, o menos mau e, naturalmente o bom. Para o aficionado criámos uma pequena biblioteca, BIBLIOTECA ESSENCIAL DE FICÇÃO CIENTÍFICA E FANTASIA com apenas 100 volumes. Lemos livros, revistas, críticas de todas as áreas, aprendemos a escolher, ou melhor, ganhámos experiência, ordenadamente por datas, deixamos ao dispor cem volumes. Se não os tem e os encontrar, não os perca.


Volume 1 — Frankenstein; or, The Modern Prometheus (1918)de Mary Shelley
Concebida como uma novela de horror, estilo gótico, tem sido citada sob os prismas criminal, terror, ficção científica etc. É um facto que a Ficção Científica não tinha ainda nome nem a forma literária de hoje, o que justifica o impacto de ser considerado como progenitora da transformação genética e da mutação, um elemento de futuro possível. Na realidade Shelly foi escritora de um só livro (The Last Man escrito em 1926, não obteve votos para escolha) que preenche um dos temas Básicos da Ficção Científica sob a ideia de duplicar a vida, de criar um substituto do homem, um ser mecânico a que se insufla vida e alma, converte-se de certo modo numa alternativa a Deus. Um dos anseios mais antigos da Humanidade.

Ficha TécnicaFrankenstein
Autor: Mary Shelley
Ano da Edição: 2009
Editora: Leya
Colecção: BIS
Páginas: 240
ISBN: 9789896530198
Obs: Livro de Bolso

Sem comentários:

Publicar um comentário